Está aqui

Está aqui

  • A equipa da AKAH realiza testes à água num dos locais do projeto.
    AKAH
  • Os testes realizados nos laboratórios foram reconhecidos como uns dos mais pormenorizados.
    AKAH
  • Os testes visam melhorar a qualidade da água.
    AKAH
Projeto da AKAH melhora o abastecimento de água no Tajiquistão

Tajiquistão, 20 de Março de 2020 - No âmbito do Projeto de Gestão da Segurança da Água Potável e do Saneamento (SWSMT), a Agência Aga Khan para o Habitat no Tajiquistão (AKAH) concluiu com sucesso as avaliações técnicas de viabilidade, de risco e ambientais dos sistemas de abastecimento de água de 75 aldeias-alvo. Criou igualmente um rigoroso laboratório de testes à qualidade da água.

A AKAH, um dos coexecutores do projeto SWSMT de quatro anos liderado pela Fundação Aga Khan (AKF) no Tajiquistão, é financiada pelo Gabinete Suíço de Cooperação no Tajiquistão e pela AKF UK.

No contexto deste projeto, a AKAH criou um laboratório de testes à qualidade da água o qual foi certificado pelo governo do Tajiquistão.

"Esta foi uma concretização fundamental para nós", disse o Gestor de Projeto da AKAH, Imomberdi Berdov. “O laboratório adicionou mais uma camada aos testes - algo que nunca havia sido feito antes - para metais pesados como o arsénico, mercúrio e chumbo, cuja presença pode causar cancro. Deste modo, o Ministério da Saúde do Tajiquistão levou isso em conta e deu-nos a certificação."

O Sr. Berdov também observou que a AKAH levou a cabo “avaliações técnicas de viabilidade, de risco e ambientais que permitiram a construção dos sistemas de abastecimento de água canalizada em 10 distritos. Com base nestes esforços, haverá mais de 6000 famílias nas aldeias-alvo a beneficiar com este abastecimento de água.”

A AKAH Tajiquistão também poderá aproveitar a experiência global da rede da AKAH para melhorar a execução dos seus projetos. Foram trazidos especialistas da AKAH Paquistão, os quais puderam pôr em prática a sua considerável experiência obtida na implementação do premiado Programa de Extensão de Água e Saneamento no seu país. A equipa da AKAH no Paquistão disponibilizou conhecimento técnico para as avaliações e desenvolveu as capacidades das equipas locais. Esta transferência de conhecimentos técnicos é o tipo de sustentabilidade que a AKAH busca na implementação de projetos como este.

“Ao darmos como concluído o papel da AKAH no projeto, estamos conscientes de que grande parte do sucesso do projeto depende da colaboração contínua entre as agências da AKDN e o governo do Tajiquistão e as comunidades com as quais temos parcerias. É esta confiança mútua, em conjunto com o apoio técnico ao nível dos recursos por parte do governo suíço, que tornou esta iniciativa tão valiosa para o país e um modelo a seguir”, observou Hadi Husani, Presidente da AKAH.

O Diretor da Escola N.º 9 na aldeia de Khidorjev, Khumorikov Hokimsho, reconheceu a contribuição deste projeto, não apenas para a saúde, mas também para a educação: Durante muitos anos, a comunidade não teve acesso ao abastecimento de água canalizada, e os moradores, especialmente as crianças em idade escolar, tinham de ir buscar água ao rio Shohdara, uma tarefa perigosa que afetava a sua saúde e assiduidade escolar. Hoje em dia, as torneiras localizadas nos seus quintais aliviam-nos desta fatigante responsabilidade, permitindo que se concentrem totalmente na aprendizagem.”

Para mais informações, entre em contacto com: akahcommunications@akdn.org

 

NOTAS

Acerca da Agência Aga Khan para o Habitat no Tajiquistão: A AKAH, como parte da sua estratégia no Tajiquistão, continua focada em melhorar o sector da água como um todo, trabalhando para construir sistemas de abastecimento de água e instalações de saneamento público em 27 aldeias-alvo em Rasht, Khatlon e no GBAO, através de parcerias e projetos em curso, como o Melhoramento Integrado da Saúde e Habitat (IHHI), financiado pela SDC, e o projeto Thrive apoiado pela USAID e a AKF USA.

Acerca da Agência Aga Khan para o Habitat: A Agência Aga Khan para o Habitat (AKAH), que combina as competências da Focus Assistência Humanitária, dos Serviços Aga Khan de Planeamento e Construção e da Iniciativa de Gestão do Risco de Desastres da Rede Aga Khan para o Desenvolvimento, concentra-se na preparação para desastres repentinos e de início lento. A AKAH trabalha para garantir que as pessoas carenciadas possam viver em contextos naturais o mais protegidos possível dos efeitos de desastres naturais; que os residentes que vivam em áreas de alto risco sejam capazes de lidar com desastres ao nível da preparação e resposta; e que nestes contextos exista a possibilidade de providenciar acesso a serviços sociais e financeiros que permitam maiores oportunidades e uma melhor qualidade de vida. Numa fase inicial, as áreas prioritárias da AKAH incluirão o Afeganistão, Paquistão, Tajiquistão, República do Quirguistão e Índia. Leia mais sobre a agência em http://www.akdn.org/our-agencies/aga-khan-agency-habitatAcerca da Agência Suíça para o Desenvolvimento e Cooperação (SDC): No âmbito da sua Estratégia de Cooperação para 2017-2020, a Suíça concentra-se nestes quatro sectores do Tajiquistão: Água, Infraestrutura e Alterações Climáticas; Saúde; Administração, Instituições e Descentralização; Emprego e Desenvolvimento Económico. O objetivo global da Cooperação Suíça no Tajiquistão é a paz e a coesão social, assim como instituições reativas e inclusivas e um desenvolvimento sustentável no sentido de melhorar o bem-estar da população. Leia mais em www.eda.admin.ch/dushanbe